Primordial – Jeff Lemire, Andrea Sorrentino e Dave Stewart

Como tinha referido recentemente, durante o Verão, li de seguida três livros de Jeff Lemire. Um a solo, Mazebook, um segundo que retorna ao género Space Opera, Senciente, e este Primordial em que Jeff Lemire volta a colaborar com Andrea Sorrentino.

A história

Durante os anos 50, tanto os EUA como a Rússia, lançaram animais para a órbita terrestre. Nenhum deles regressou. Em Primordal Jeff Lemire usa estes factos para introduzir variações ficcionais – os animais não faleceram, mas terão sido levados. Em ambos os países existem altas patentes que sabem que algo de estranho se passou, mas em ambos tentam esconder e apagar todos os registos. Quando, um cientista americano, ao esvaziar as instalações, descobre algumas informações suspeitas, acaba por se envolver numa trama perigosa.

Crítica

A premissa é simples, e usa factos para desenvolver uma teoria da conspiração envolvendo ambas as nações. Neste caso, usa um…

Ver o post original 329 mais palavras