Andre Matos – O Maestro do Heavy Metal

Percursos Literários

Como uma fã de Andre Matos, que descobriu na adolescência um refúgio no som melódico do Heavy Metal produzido por bandas como Angra, Shaman e outras para seus muitos pensamentos dissociados do que via nos colegas de classes e até nas amizades, sempre muito introspectiva, ler a biografia desse grande maestro foi certamente revisitar essa fase da minha vida tão nostálgica. Não tenho vontade de reviver esses momentos, até porque, não foi uma etapa fácil da vida; mas guardo-a com muito carinho, por toda a construção de mim mesma que me levou a ser quem hoje sou. Andre Matos fez, e ainda faz, parte da minha vida de forma muito significativa.

Acho até que fui postergando essa leitura, que queria há muito fazer, porque eu sabia o quanto ficaria triste ao final. E realmente, eu voltei a sentir toda aquela tristeza que me acometeu quando veio a notícia do falecimento…

Ver o post original 797 mais palavras