Olhar poético

Expressão com Poesia

Nosso primeiro contato com a lâmina gelada e cortante foi no nascimento, através do desprendimento do cordão umbilical.

O fim do ventre é o começo da vida, da individuação, das descobertas.

Choramos! O que é natural nas separações. De lá para cá passamos por muitos cortes, assim como, o dia é cortado pela noite e a noite é transpassada pelo dia cotidiaNAmente sobre nossas cabeças.

Alguns imaginam que a morte é a separação final. Como morre o amor que foi experimentado pelas células intocáveis da alma?

A espada que nos fere é a descrença. O punhal não é mais forte que a mão e nem o caixão segura a vida.

O sangue corre, escorre, estaca, mas a sabedoria por tudo perpassa.

Defenda-se da indiferença e não dos cortes de crescimento que nos proporciona a vida-morte-vida.

Não sei se existe o fim dos tempos, não sei se viverei amanhã, porém, estou…

Ver o post original 15 mais palavras