[resenha] Olhos de pixel, de Lucas Mota

NOTA manuscrita

Imagem de capa. Olhos de pixel. Lucas Mota. Henrique Morais. Resenha. Detalhe da capa do livro Olhos de pixel, de Lucas Mota, com ilustração de Henrique Morais. Dois olhos vistos de frente, com círculo que remetem aos mecanismos de ajuste de uma lente de câmera em torno do olho da esquerda. Toda a imagem é composta em tons de magenta, rosa, violeta e roxo.

Texto de Rodrigo Hipólito

Olhos de pixel, Lucas Mota. Capa: Henrique Morais. Pontes Gestal, SP: Plutão Livros, 2021.

Se tem um subgênero da ficção científica que foi muito bem aproveitado no Brasil, é o cyberpunk. Não é exagero dizer que a literatura de ficção científica produzida no Brasil desenvolveu a sua própria longa tradição no cyberpunk.

Não, eu não vou retornar para Santa Clara Poltergeist, do Fausto Fawcett, e começar a uma lista que demonstre a variedade de trabalhos desse subgênero publicadas, originalmente, em português. Basta compreendermos que o cyberpunk, na literatura de ficção científica…

Ver o post original 1.089 mais palavras