do outro lado

reescrevo me

Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras
satisfeito sorri, quando chego ali

All Star – Nando Reis

Eu sempre estive pronta para partir. Eu sempre soube o que eu tinha que levar comigo – e cabia na mochila da escola. Menina ainda e o meu tio dizia para o meu pai: “Alan, a Fran tem a cabeça tão madura quanto a da Renata!” (a Rê, minha prima e dez anos mais velha que eu), e eu fingia que não ouvia o comentário que foi repetido incontáveis vezes durante a minha infância, enquanto eu comia o sanduíche maravilhoso de queijo que só a minha tia fazia.

Eu tinha uma espécie de força dentro de mim que me chamava para fora de casa. Não faz muito tempo que ouvi do psicanalista e escritor Guilherme Angra dizendo que a mãe dele sempre disse, que os filhos são feitos para o…

Ver o post original 769 mais palavras