A carga de ceticismo – Por Carl Sagan (1987) [tradução]

Antimidia Blog

Imagem | Creative Commons Attribution-Share Alike 4.0 International via Wikipédia.

Tradução livre | Eder Capobianco

Publicado originalmente no periódico Skeptical Inquirer, vol. 12, do outono de 1987.

O que é ceticismo? Não é nada muito esotérico. Nos deparamos com isso todos os dias. Quando nós compramos um carro usado, se formos um pouquinho espertos, exerceremos alguns poderes céticos residuais – seja o que for que nossa educação tenha nos dado. Você poderia dizer, “Aqui está um sujeito de aparência honesta. Vou aceitar qualquer coisa que ele me oferecer”. Ou você pode dizer, “Bom, tenho escutado que, ocasionalmente, há pequenos enganos que envolvem a venda de carros usados, talvez inadvertidamente por parte do vendedor”, e então você faz alguma coisa. Chuta os pneus, abre as portas, olha embaixo do capô. (Você pode gesticular alguma coisa, mesmo que não saiba o que supostamente deveria estar debaixo do capô, ou pode…

Ver o post original 4.450 mais palavras