“Feriadão”

Todos Querem Lichia

E de repente… feriado! Só que este será um feriado diferente, cheio de restrições ao lazer e com muito comércio fechado. Basicamente, este feriado serve para que as pessoas fiquem em casa, para evitar que o colapso na rede de saúde tome o país com um golpe de crueldade, deixando asfixiados os que carecem de ajuda e empatia.

Não entro em discurso político porque tenho preguiça de assuntos ultra polarizados e reservo-me o direito de apenas tangenciar a sua esfera, tocando nos detalhes cotidianos que nos entregam a boa ou a má política.

Pois bem, como consequência deste decreto e desta lei (ou dos dois, não sei…) a população do Rio de Janeiro será obrigada a “parar”. E quando penso em parar, logo visualizo minha cama aconchegante, que está sempre ali, disponível para apaziguar minhas aflições e meu cansaço extremo, em todas as vezes em que escrevo minha interminável lista…

Ver o post original 389 mais palavras