As piores capas de livros

Projeto de leitura de 195 livros, através dos 195 países do mundo

Você é do tipo que compra o livro pela capa? Veja uma seleção de capas de livros com o gosto mais que duvidoso.

1. “O dia que o pato Donald comeu a margarida pela primeira vez”, de João de Melo

Tanto o nome quanto o título são esdrúxulos, não?! João Melo é um escritor angolano.

2. “Tan poca vida”, de Hanya Yanagihara

Com dor? Cagando? Não, é um orgasmo e é uma foto premiada de Peter Hujar de 1987.

Se chamar a atenção era a intenção da autora, ela conseguiu. Foi um dos livros mais comentados de 2016, na Espanha.

3. “Cocó, uma história natural (daquilo que não se fala)”

…e nem se mostra. É preciso ser tão literal? Hahaha! A acentuação é portuguesa.

4. “A maldição do cigano”, Stephen King.

Não é porque é de terror que tem que ser mal feita. Muitas capas de livros deste autor americano…

Ver o post original 69 mais palavras