Aprendi com William Shakespeare

Facetas Culturais

Na minha adolescência, eu descobri um poema de Shakespeare (dramaturgo e poeta inglês, 1564-1616), intitulado “O Menestrel” (inclusive tem o vídeo de um artista recitando, lindamente). Mas, ano passado o meu pai (fundador desse blog) encontrou o poema na íntegra, num livro de Língua Portuguesa, intitulado “Simples Palavras”.

Decidi compartilhar com vocês o poema. Acredito que vocês vão gostar e vão refletir sobre os aprendizados que a vida nos proporciona.

Simples Palavras

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.

E começa a aceitar as suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E…

Ver o post original 721 mais palavras