A Menina sem Nome

Paloma Bernardino Braga

Este conto faz parte do projeto “Em um mês, um conto“. As partes II e III serão publicadas nos dias 16 e 23 de outubro, respectivamente. Espero que gostem!!

Parte I

Mirela ligou o chuveiro, deixando a água gelada escorrer por toda extensão do corpo magro. Estava desesperada para se ver livre de todo o suor que impregnava a fronte e as costas. Não sentiu vontade de cantarolar e nem de esfoliar o rosto. Não seria um banho ritualístico de relaxamento. Era pragmático: limpar toda a transpiração. Brincou com seus mamilos enquanto a água escorria por sua nuca, até se sentir satisfeita com o frescor. 

Não pensou na roupa que vestiria, estava exausta demais para qualquer tentativa de combinação. Eu sequer vou sair de casa. Pegou a camisola cinza puída e colocou a primeira calcinha que encontrou na gaveta. O celular vibrava. Paulo chegara. Mirela bufou, perguntando-se…

Ver o post original 1.447 mais palavras