dar crédito dá pouco trabalho

na bicicleta

A câmara fotográfica do telemóvel que trago comigo é um instrumento indispensável nas minhas pedaladas. Durante as minhas viagens a pedais, a diversidade de oportunidades para captar um belo cenário ao longo da rota, enfatizando a bicicleta como assunto primordial, é um complemento ao cicloturismo. Juntamente com as panorâmicas, paisagens dos locais por onde vou passando, onde a natureza e a influência humana reúnem motivos para a coisa, é difícil não encontrar a desculpa perfeita para parar, encostar a bicla e tirar a câmara do bolso. Capturas rápidas no selim da bicicleta fazem também parte do apelo das pedaladas, as longas e as curtas, vendo o mundo passar lentamente podendo agarrar aquele momento certo e logo ali partilhá-lo através do visor desta geringonça.

Ontem deparei-me com esta excelente notícia, diga-se, na NiT. (Clicar ali nas letrinhas azuis para a ver)

Douro vai ter uma nova rota para ciclistas com…

Ver o post original 532 mais palavras