É DIFÍCIL BRINCAR DE DEMOCRACIA

Boteco Diário

Agradeço a Luiz Antonio Câmara e a Victor Hugo Câmara, por apontamentos da parte legal e jurídica. Quaisquer erros ou imprecisões remanescentes são de inteira responsabilidade do colunista.

Nos últimos meses, continuamente a opinião pública tem se voltado para Augusto Aras, em busca de respostas. Respostas porque, enquanto Procurador-Geral da República, ele exerce um papel importantíssimo no funcionamento da política e das Instituições do Brasil. Seu cargo é o topo da estrutura do Ministério Público da União, o que significa que por ele e por seu gabinete passam quaisquer movimentações legais que envolvam os níveis mais altos da política nacional, incluindo, é claro, ações que dizem respeito ao Presidente Jair Bolsonaro. E essas movimentações têm se multiplicado desde abril de 2020, quando Sérgio Moro retirou-se do cargo de ministro e simultaneamente fez acusações graves contra o Presidente; desde então, em meio a inquéritos contra a militância virtual bolsonarista e investigações…

Ver o post original 2.932 mais palavras