A nobre arte do palhaço

Knowledge is a infinite tree

Por Raphael Nether

Enquanto todos subiam
Ele caia
Enquanto todos acertavam
Ele errava
Enquanto todos se punham a falar finos gestos e honrarias
Ele se calava
Enquanto todas estas grandes mentes erguiam desdenhosamente seus títulos
Ele se recolhia a sua insignificância
Enquanto quando todos escalavam rumo ao topo do pódio
Ele apenas assistia
Enquanto todos estes esculpidos atletas
Corriam incessantemente a disputar uns com os outros
Em contraste, lá se via ele,
Feio, inadequado
Mas com um sorriso no rosto
Levitava e ria de si
Qual é teu valor? – Indagavam eles
Qual é o valor disso tudo? – Indagava ele
E quando o mundo finalmente sucumbiu
E todos tremiam diante o real
Ele se encontrava sereno,
Pois sua nobre arte
Do pó
Era lembrar que ainda somos humanos
Ao pó.

Ver o post original