Me Perguntaram Como Estou

daguito rodrigues

E a cada um deles respondi a mesma coisa.

Que estou me sentindo o Al Pacino dos anos 70 — apenas na aparência —, num filme dirigido por Francis Ford Coppola e escrito por Aaron Sorkin — tá, eu sei, não faz sentido, mas na minha imaginação dá match, ok?

Apesar desses detalhes antagônicos que meus sentimentos criaram, trata-se de um longa-metragem de narrativa clássica, com aquele herói bem tradicional. É um filme de Guerra, com efeitos realistas e cenas lúdicas como o “1917” do Sam Mendes. Sou o protagonista, claro, afinal, minha vida é minha história.

Sou um soldado com backstory incômodo, como você, com traumas do passado, como todo mundo, e que tem uma missão qualquer dada por um general qualquer (que morre durante o filme).

Esse soldado — eu — neste momento está em campo aberto, sujo, cansado, sangrando, sangrando muito, mancando, mancando muito, mas seguindo em…

Ver o post original 320 mais palavras