diversidade: o que você e eu temos a ver com a palavra da moda?

Antes de mais nada, é preciso dizer que falar de diversidade não significa necessariamente falar de minorias. Falar de diversidade significa refletir sobre a pluralidade de visões, experiências, condição socioeconômica, origem, orientação sexual, gênero, raça, cor, e sobre a inclusão de grupos que no geral não são adequadamente representados, estando ou não em vantagem numérica.

Significa, por exemplo, ampliar a participação de mulheres nas esferas de decisão das empresas de uma nação majoritariamente feminina (51,7%, segundo o IBGE), em que apenas 13,6% dos cargos executivos são ocupados por elas (dados do Instituto Ethos coletados nas 500 maiores companhias nacionais).

Significa estimular que os negros de um país predominantemente preto (54%, de acordo com o mesmo IBGE e apenas 4,7% em posições de liderança, nos números do Ethos) enriqueçam culturalmente, evoluam profissionalmente e igualmente alcancem os espaços de poder. Significa fazer valer, sem meias palavras, o artigo quinto da Constituição Federal: “Todos…

Ver o post original 223 mais palavras