Armário Samandhi

Há um tempo estava me coçando, como diz o matuto, para escrever sobre as mulheres, gênero, feminismo e outras questões do “nosso banheiro feminino de cada dia” Que eu consiga ser clara, inclusive com as piadinhas. (quem conhece que compre)

Usaria até aquele emogi de carinha assustada, porque além de ser um tema bem polêmico, levanta outras assuntos que ainda não são tão degustáveis como um sorvete de creme.

Pois bem,  acreditam que estava com medo de escrever e ser mal interpretada e sofrer comentários agressivos, mas, uma coisa aprendi com a minha vovó, quem tem voz que fale!

Há um tempo venho observando dentro do contexto que vivo, mulher com duas filhas, que trabalha, que sustenta a casa a duras penas, digamos de passagem. Mas, um contexto de uma mulher que vive em busca do espírito em atitudes bem praticas. A observação se deu em muitas das minhas jornadas…

Ver o post original 398 mais palavras