O Jardim e o Deserto – Bia Machado

As Contistas

A mãozinha pequenina de Alice passeia por minha barriga. Os dedinhos suaves me causam um arrepio. Ela é quem mais gosta de me acariciar, e não o faz apenas com os dedos, mas também com o olhar, ao mesmo tempo espantado e compenetrado.
“Quando meus irmãozinhos vão nascer, mamãe?”
“Em breve, Alice” eu respondo.
“Breve é muito tempo?”, o sorriso inocente, eternizado em meu mundo, tornando tudo mais suportável.

Ver o post original 2.918 mais palavras