HOMEM E MULHER BRIGAM EM BALADA DE CLASSE ALTA (CONTO)

em

Devaneios Irrelevantes

imagesEm torno das 2 horas da manhã a gritaria em algum ponto da pista de dança era quase mais alta que a música que difundida pelo som da festa. Palavras de baixo calão e muito empurra empurra acabaram roubando a cena na ocasião, obrigando os organizadores a intervir no conflito através dos seguranças mais próximos. Na apuração dos fatos constatou-se o motivo de tanta confusão: “Ele me chamou de pobre”, disse Paty, uma médica particular que atende em um hospital filiado à uma conhecida rede no centro da Cidade.

Naquele dia, Paty estava de folga, pôde pensar o dia todo em como se prepararia para presenciar o evento em questão. Iniciou a agenda próximo às 9 horas, roupas novas para uma balada diferente. Após a escolha da mesma seguiu seu tour pelo shopping para adquirir seus novos sapatos, novos adereços e novas opções de maquiagem que adornariam o corpo…

Ver o post original 341 mais palavras