Sobre ROMA

The Re | Viewer

O mais novo filme da Netflix, que inclusive é um dos favoritos na premiação do Oscar, é em essência uma das películas mais bonitas que já vi.

O nome, embora nada tenha a ver com a capital da Itália, faz
referência ao bairro de classe media homônimo da Cidade do México, mas ao longo
do filme torna-se também claro as referências ao realismo italiano.

A história se resume, digo isso pois colocarei aqui de forma
bem esdrúxula, ao relacionamento que se da entre uma família de classe média e
sua babá e doméstica, Cleo. Através de um enredo bucólico Cuarón retrata as
divergências dos dramas vividos por cada personagem e consequentemente como sua
posição social influencia em todo esse processo. Há ali um contraste evidente e
necessário, porém incômodo, que lateja do começo ao fim, sem ter qualquer
chance de transformação.

A filmagem é elegante e a escolha de fazer…

Ver o post original 596 mais palavras