Só o Blues salva

Santos Dumont se suicidou. Ele se enforcou com uma gravata em um quarto de hotel. Não suportou ver seu invento sendo utilizado na guerra.

Amy amou tanto que se drogou até a morte. Nem a música pôde curar sua dor.

Van Gogh foi levado ao suicidio esmagado por uma sociedade que rejeitou suas obras.

Maiakoviski uniu poesia e política. Foi brutalmente suicidado por ambas, ou por uma delas (nunca saberemos) com um tiro no coração.

Virginia Woolf morreu de excesso de lucidez. Acordou, escreveu uma carta de despedida, encheu os bolsos de pedras e se jogou no rio. Era primavera.

Sócrates foi condenado a morte por pensar fora caixa, e por acreditar e falar sobre suas idéias. Poderia ter se negado diante ao juri e vivido em silêncio pelo resto dos tempos. Mas aceitou o ultimo drink e foi suicidado pela sociedade grega.

Marilyn Monroe, se matou porque queria amor…

Ver o post original 168 mais palavras