O que tem de Joan Miró na minha comida e o que é cozinhar com um traçado puro, simples, mas com uma mensagem forte?

Quando a Cozinha é um Divã

Exposição “Miró – la experiencia de mirar” do Museo Nacional de Bellas Artes, em Buenos Aires.

Miró e minha comida, há um laço delicado que conecta essas duas coisas. A obra do artista espanhol Joan Miró sempre foi uma inspiração simbólica para muitas coisas ao longo da minha existência, seu traçado singelo era um convite para que eu experimentasse o prazer simples e possível nos dias em que as alternativas de prazer não eram tantas. Na minha comida a marca dessa inspiração é também muito intensa, trazendo todo o traçado de Miró que é acessível, absolutamente simples mas promotor de uma experiência profunda. Vou explicar com calma um pouco do que vejo em Miró, e então ficará mais fácil entender o que dele existe na minha gastronomia.

A comida é a mensagem que o cozinheiro transmite. O cozinheiro interpreta sua época, seu espaço e também sua subjetividade e soma tudo…

Ver o post original 697 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s