Vinho, pão e arte

of

caravaggio Michelangelo Merisi de Caravaggio – Baco – galeria de Uffizi

A arte foi produzida, quase sempre, na periferia da sociedade, nos seus becos (daí a imagem do artista ligada ao que é marginal). Mesmo nos períodos onde a arte gozou de extrema importância e fama entre ricos e poderosos, a relação da sociedade com os artistas (ou mesmo com algumas de suas obras) sempre foi conflituosa e repleta de intrigas e perseguições. Mas também é inequívoco que a arte exerceu e ainda exerce um fascínio hipnótico, causando embriaguez a alguns e uma verdadeira ira em outros.

Não seria excessivo afirmar que poderíamos contar a história da arte por um viés criminal. Perseguições, assassinatos, prisões, suicídios, excomunhões, inveja, traição, injustiças, enfim seria uma longa lista, toda ela envolvida em um cenário de pobreza, tragédia, miséria e dor. Por que o campo da arte gera tanto ódio?

Na história humana, dois alimentos nos acompanham…

Ver o post original 479 mais palavras