BEDA |Antes do dia seguinte: vem o ontem…

Catarina voltou a escrever,

…ocupei o lugar no elétrico 408 – A | Machado de Assis — que percorre o centro velho paulistano, com sua atmosfera deliciosamente antiga: onde a cidade começou. É um dos trajetos mais interessantes, com direito a pausas repentinas para conectar o cabo aos fios. Acho que não existe motorista nessa cidade que não conheça o ritual do trólebus: esperam o cobrador saltar, calçar as luvas e fazer seus malabarismos para religar o ônibus. É um curioso instante de calma no meio do caos urbano, que eu gosto imenso de apreciar essa espécie de reticências inserida na pressa urbana.

A bordo do trólebus comecei a pensar o primeiro semestre desse ano. Não sou dada a retrospectivas, mas gosto imenso daqueles antigos ‘álbuns de fotografias‘. Era divertido esperar pela revelação do rolo de filme Kodak asa 400 e suas 36 poses. e receber o resultado {em vinte e quatro…

Ver o post original 391 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s