Três histórias na História

Sala de Arte

História #1: Eu devia estar na primeira série quando a professora veio toda serelepe, cheia de cola colorida, sementes de feijão e revistas, dizendo que era hora da aula de arte. Até então todas as aulas eram iguais pra mim, que acabava de chegar do jardim de infância. Mas naquele momento, eu sabia: as coisas haviam mudado. Agora, usaríamos tesouras, colas e sementes. Saí da aula com dedos grudados e a frustração de quem não conseguiu fixar o feijão no suporte.

História #2: Primeiro ano do colegial, eu acho. A tarefa era produzir um teatro de marionetes. Produzir? Minha equipe pegou umas barbies do chinês e elas viraram personagens do romance A Moreninha. A professora detestou. Mas fizemos o trabalho, não fizemos?

História #3: Faculdade. Depois de pensar pelo que julguei uma eternidade, decido: vou estudar Arte. Teatro, especificamente. Talvez pelos feijões, quem sabe pelos marionetes. Eu nunca procurei saber…

Ver o post original 110 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s