O Cinema É Sustentado Por Milho

Hoje, vou embargar a esquizofrenia

É quase inevitável não associar as pipocas ao cinema e vice-versa. Afinal, como é que começou esta relação, que quase parece a de um casal de um filme romântico? E será que comer pipocas no cinema é sinónimo de apreciar mais atentamente um filme? A verdade é que esta é uma tradição de quase três séculos que apresenta vivacidade. E podem mesmo ser as pipocas que mantém o cinema vivo, desde o século passado.

Surgiram ambos no século XIX. Primeiro, as pipocas, em meados do século, depois, o cinema, mais para o final do século e pelas mãos Lumière. Inicialmente, os vendedores ambulantes de pipocas trabalhavam em circos e feiras. Contudo, no início do século XX, deslocam-se para junto dos Cinemas. Apesar de os donos das salas americanas terem chegado a proibir pipocas, argumentado que sujavam a sala e distraíam os telespetadores, pouco depois do século começar, já havia quem…

Ver o post original 475 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s