O dia do amor também é para amor próprio

Café com leite cósmico

Teve dia dos namorados, e eu estava sozinha. Solteira, sozinha, trabalhando gripada e com TPM. Jantei sopa em casa, de pijama, assistindo ao Jornal Nacional.
 .
 Isso me fez pensar nos últimos cinco dias dos namorados que passei. Todos acompanhada pela mesma pessoa. E – o que posso dizer? Meu dia dos namorados 2017 foi ótimo.
 .
Não teve insegurança; não teve briga; nem discussão. Não teve chantagem emocional, nem aquela depressãozinha besta que aparece no fim da noite, quando você chega em casa, tira a maquiagem e se sente vazia. Não teve o pior tipo de solidão – a solidão acompanhada. Não teve presentes que eu sei que ele sabe que eu não gosto, mas me deu só para me humilhar, para dizer que gastou horrores com um tipo de doce e eu, a ingrata, não comi. Não teve silêncio desconfortável no carro no caminho de volta, nem barulho…

Ver o post original 69 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s