Estou falando de meu túmulo

Muitos são apaixonados por Clarice Lispector, não somos diferentes. Pra quem gosta dessa ucrâniana naturalizada brasileira (cof, cof se declarava pernambucana, quanto sua brasilidade) que se tornou uma das escritoras brasileiras mais importante do século XX, encontramos algo bem especial.

Em fevereiro de 1977, meses antes de sua morte, a autora visita os estúdios da TV Cultura, canal 2, em São Paulo, para um debate e aceita o convite para ser entrevistada pelo jornalista Júlio Lerner, apresentador de programa “Panorama Especial” – este seria seu único registro audiovisual que, a pedido da própria Clarice, só iria ao ar no dia 28 de dezembro, às 20h30, depois de sua morte. Reproduzimos a entrevista completa seguida de texto escrito por Júlio Lerner.

Depoimento de Júlio Lerner:

De minha sala na redação de “Panoma” até o saguão dos estúdios tenho que percorrer cerca de 150 metros. Estou tão aturdido com a possibilidade de entrevistá-la que mal consigo…

Ver o post original 706 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s