Devolva-me meu chão

Continuo seguindo a rotina do meu cotidiano
Como um robô respondendo comandos
Agora não sinto tristeza nem felicidade
Apenas um vazio sem limite de profundidade

O que eu deveria fazer para ter controle de mim?
Querer parece não ser suficiente para não ficar assim
Eu só queria uma vez na vida ser completa sozinha
Então, por favor, devolva-me meu chão
Quero ser completamente minha

Sei que não foi sua intenção
Mas desde que você saiu da minha vida
Abriu lugar para um grande furacão
E eu não sei como arrumar tudo pois ainda estou em suas mãos

Nunca achei que tentar seguir em frente fosse tão difícil
Nem que um dia eu seria meu próprio precipício.

Sophia Oliveira

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s