Ecos no vazio

OBSERVADOR REMOTO

genio_solitario

Tenho certeza que a maioria das pessoas mais racionais que existem em algum momento se sentem um pouco solitárias. Os grandes gênios de nossa história tais como o astrônomo e engenheiro Galileu Galilei, o filósofo Giordano Bruno ou até mesmo personalidades mais recentes como o incompreendido  Matemático Allan Turing ou o físico Albert Einstein, certamente em um dado momento de suas vidas sentiram-se sós com suas vozes ecoando num vazio de ignorância, ruído e incompreensão. Acredito que hoje não é diferente e não é preciso ser um superdotado para se sentir ilhado em meio ao oceano de ideias toscas ou no mínimo sem sentido compartilhado pela multidão que nos cerca.

O ciberespaço é um lugar muito favorável a essa tipo de fenômeno, nele encontramos uma esmagadora maioria repetindo ou vociferando os ideais alheios como papagaios, sucumbindo aos modismos transitórios que os transformam em vetores de interesses econômicos ou simplesmente políticos, convenientes a determinados grupos dominantes. Apesar da…

Ver o post original 545 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s