A primeira vez que olhei um quadro

PERCEPTOS

O vestibular estava chegando. Passei o ano inteiro estuando História da Arte Através de livros sem se quer nunca ter visto uma obra ao vivo. Sou da época da internet. As imagens – para mim – são técnicas e virtuais; nada mais do que “bits” numa tela de LCD, fios de malha que se cruzam como numa tecelagem.

Era meu último final de semana antes de ir para Campinas, para fazer a prova de específica de Arte Visuais da Unicamp – e como num impulso repentino, decidi fazer uma visita ao MASP.

Sob o caos da Avenida Paulista meu olhar se desprendia entre os fluxos urbanos, algo como uma distração. A violência dos barulhos e das propagandas erguidas nos seus outdoores, latejava cada vez mais a minha mente. O percurso foi difícil, mas finalmente consigo chegar no vão do MASP. Compro meu ingresso e entro com certo receio no acervo…

Ver o post original 401 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s