E QUANDO NARCISO QUEBRAR O ESPELHO?

O sentido do ser

Imagem Movimento No Espelho

“Fumo de rolo, arreio de cangalha
Eu tenho pra vender, quem quer comprar?
Bolo de milho, broa e cocada
Eu tenho pra vender, quem quer comprar?
Pé de moleque, alecrim, canela,
Moleque sai daqui me deixa trabalhar.
E Zé saiu correndo pra feira dos pássaros
E foi pássaro voando pra todo lugar.

In: Feira de Mangaio – de Sivuca

Ver o post original 916 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s