Nem gorda, nem magra: qual o meu lugar?

Eis a questão ...

Vi esse vídeo (vejam esse vídeo) e voltei a pensar em algumas coisas.

Acho que sou um exemplo do nem gorda, nem magra. Na verdade eu tenho me entendido enquanto gorda, principalmente após episódios como:

  • Ter meu prato observado e julgado por terceiros;
  • Ser alvo de “””preocupações com a minha saúde””” (que obviamente não eram reais preocupações com a minha saúde, mas com o meu peso);
  • Não caber direito em alguns tipos de cadeiras;
  • Não passar tranquilamente por certos espaços (como corredores de ônibus, roletas);
  • Ter dificuldade pra encontrar roupa em lojas “comuns”;
  • Acharem que eu estava grávida;
  • Acharem que eu quero/devo emagrecer (afinal uma pessoa gorda não pode querer viver assim, não é mesmo?).

Enfim, passei por algumas coisas que me fizeram me entender enquanto uma pessoa gorda, mas tenho noção de que meus problemas são muuuuuito pequenos perto dos problemas que pessoas mais gordas passam…

Ver o post original 335 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s