miséria

Grupo dos Cinco

eu estava sozinho no canto do bar quando esse cara começou o seu show. o sol estava em plena atividade e não se podia ficar parado sem se derramar em suor. ele era o mais novo rico do bairro e estava berrando e cuspindo na cara das pessoas que passavam pela calçada. fora de controle. os garçons foram duas vezes até ele. pediram pra que ele parasse. mas o rico de merda jogava um maço de dinheiro na fuça deles. as notas chuviam na calçada. os garçons ficavam de quatro e as pegavam, uma por uma, como pombos famintos, e o deixavam em paz.

quando o menino de rua se aproximou o filha de puta soltou uma gargalhada horrível. o som de sua risada explodiu para dentro do bar e abafou tudo. cada conversa foi silenciada. ele esperneava como um maníaco com a cena do menino recolhendo as latinhas. uma…

Ver o post original 583 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s