A ciência de porque nós não acreditamos na ciência

b0b7d6e5ddf1b044c8dd9a56fd643d0d Ilustração Jonathon Rosen

 “UM HOMEM COM UMA CONVICÇÃO é um homem difícil de mudar. Diga-lhe que discordar e ele se afastará. Mostre-lhe fatos ou figuras e ele questiona suas fontes. Apele à lógica e ele não consegue ver o seu ponto.” Assim escreveu o célebre psicólogo da Universidade de Stanford, Leon Festinger, em uma passagem que poderia ser sobre as persistentes negações das mudanças do climáticas por tantos, mesmo com a quantidade de informações sobre o assunto.  Porém era muito cedo para isso, isto aconteceu há mais de 60 anos quando Festinger estava trabalhando em um caso de psicologia [1]

Festinger e vários de seus colegas infiltraram no the  Seekers, um pequeno grupo que cultuava alienígenas. Este grupo era liderado por Dorothy Martin, um devoto da pseudociência ufológica que transcreveu as mensagens interestelar o qual afirmava a data precisa de um cataclisma devastador na terra: 21 de dezembro de 1954. Alguns dos seguidores de Martin abandonaram seus empregos e venderam sua propriedade, esperando ser resgatados por…

Ver o post original 3.287 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s