Por onde sente saudade…

Andreia Evangelista

Eu não posso falar sobre essa corrida atrás do rabo, nem sobre os ventos da mudança, mesmo assim fragmento nos meus escritos conhecimentos sobre a lua de sangue, se você precisar de uma cura dance butoh. É capaz de gerar energia para todo seu corpo.

Espetacularizo minha tragédia de não ter bordas, ferida aberta, contorno algum acalma minha ânsia de comer por todas as bocas, sem dentes, aberta, esfomeada por desejos escabrosos demais para o recato exigido do atual governo. Estou aguando a fonte de lux que jorra infinitamente pelos buracos dilatados das minhas fendas. Encharcada, salgada, rasgada e viva. Viva e dona do tempo.
Venho sendo visitada as três horas da manhã. Hora cabalística para a adoção de novos corpos. Pulsante e quente é a revelação. Faz cocegas. Eu rio na cama sozinha, tentando conter a emoção de ser transpassada por rajadas de temperaturas prazerosas. Como vou me explicar…

Ver o post original 372 mais palavras

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

    1. AntimidiaBlog disse:

      Obrigado você pelo post!…. 🙂 ……

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s