A consciência segundo Nietzsche, Freud e a biolinguística de Noam Chomsky

Skaldbook

Uma das maiores dúvidas da história da filosofia desde a Grécia antiga é descobrir o porquê do ser humano ser tão diferente das outras espécies que conhecemos. O senso comum aponta vários tipos de explicações imediatas, afirmando que o ser humano é o primeiro animal “racional’’, que tem o maior cérebro da natureza ou por centenas de explicações religiosas e explicações pouco claras de vários campos da ciência.

Entre tantos filósofos, cientistas e pesquisadores, alguns foram de fundamental importância para o que se entende a respeito e a base do desenvolvimento de novos estudos sobre a consciência e a origem do pensamento. Noam Chomsky, Freud e Nietzsche se destacam com a congruência de suas ideias.

O pensamento de Nietzsche foi tão revolucionário que não só influenciou a psicanálise de Freud e o pioneiro estudo da biolinguística de Noam Chomsky. A sua filosofia antecedeu anos de técnica cientifica, literária e cultural…

Ver o post original 753 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s