Vácuo

a farpa

A expectativa era tão grande como na proporcionalidade do efeito de atracção pelo abismo. Tem-se medo mas há algo que nos atrai.

Foi dito que Trump, o agora 45º Presidente dos Estados Unidos da América, se foi inspirar no grandiloquente discurso de John Fitzgerald Kennedy para escrever o seu.
Não minto, hipócrita sei ser, mas como o benefício da dúvida faz parte do Ser, menos Humano que outra coisa, preparei-me num arresto mental para o que poderia daí advir.
Ressalto que o discurso de JFK, o primeiro a ser transmitido a cores perante uma audiência televisiva, é considerado um dos melhores até hoje, compreendendo o xadrez político da presente Guerra Fria, a importância da NATO, a resiliência dos EUA face a um mundo onde um muro se construiria em Berlim e o Comunismo não era apenas uma ameaça retórica.

A frase mais citada; “Não perguntem o que o vosso…

Ver o post original 377 mais palavras