Crônicas de um ano inteiro: “A diversão e o Senhor da Dança”

O Homem Despedaçado

No meu texto dessa semana no “Crônicas de um ano inteiro”, eu falei sobre a dificuldade de achar diversão genuína nos tempos atuais. Como uma das minhas maiores diversões é escrever, tracei um paralelo entre esse assunto e uma pergunta feita por Aldous Huxley, a história vivenciada por um amigo e “Hellblazer”, a revista em quadrinhos que trata das aventuras (melhor dizer desventuras) de John Constantine, o melhor personagem já criado. Se existisse um prêmio para equiparações absurdas, eu já tinha vencido.

Boa leitura!

A diversão e o Senhor da Dança

Joyful women having fun after hard work

No início, eu achava que acontecia somente comigo e, assim, não comentava em voz alta, imaginando que poderia sofrer deboches ou incompreensão. No entanto, outras pessoas que não se conheciam acabaram me comentando o mesmo assunto, todas de idades diferentes, e foi inevitável concluir que é algo que se espalha cada vez mais pela nossa sociedade: está difícil encontrar…

Ver o post original 899 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s