SANCTUM SANCTORUM

Felipe Velista

capa-sanc

       De luz entra um bloco pela janela parcialmente aberta. Estou acordado não sei desde quando. Ainda era noite quando abri os olhos saí de um sonho já perdido completamente desperto. Digo sonho na esperança de poder atrair um só que seja para dentro de minhas pálpebras mas não os tenho nunca. Acredito na maravilha. Ouço os relatos com inveja. Não inveja. Não a inveja de Tomas de Aquino. Não sinto tristeza por saber que os outros navegam sobre aguas lilases e descobrem a China como um Marco Polo num casaco Adidas. Não. Não tristeza inveja mesmo. Fico feliz bato palmas. Fico feliz quando você sobrevoa a floresta de Sherwood. Quando vai a Jerusalém matar mouros e cavalga o sol com calças vermelhas eu choro com a maravilha de imaginá-lo. Não tristeza alegria eu gostaria de estar sobre seus ombros.

Ver o post original 1.333 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s