Ressignificando o sexo após ter sido vítima de estupro

Das Lutas

parejas-agosto

*Por Mariana Santos

A cada 11 minutos, uma mulher é estuprada no Brasil. Talvez, a mulher sentada ao seu lado no ônibus, na sala de cinema, no café, tenha sido estuprada. É bem provável que sim. Ou abusada de alguma forma.

Eu sempre tento pensar nisso ao conversar com uma mulher. Que possíveis abusos ela viveu e prevaleceu. Que abusos ela teve de enfrentar e ainda está ali, forte, viva, guerreira.

E é sobre isso que quero falar. Sobre sobreviver.

Eu tinha 15 anos quando fui estuprada. Não é algo fácil de falar. “Perdi minha virgindade sendo estuprada”. Não é uma conversa de boteco. Não é uma conversa que dá pra ter com qualquer pessoa, vide a pesquisa que saiu em que 1 em cada 3 homens julgam a mulher responsável pela violência que sofreu. Mas estou falando agora. Não vou ser gráfica sobre o assunto, mas foi algo que…

Ver o post original 1.103 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s