O Romantismo

Jornal Todo dia

Em contraposição a forma desumana da exploração no trabalho, surgiu o Romantismo. Um movimento cultural do século XIX, destacado pelo sentimentalismo, na Europa e em outras regiões do Mundo.

Com o avanço das indústrias após a Revolução Industrial, a partir dos resultados na vida humana é possível refletir a diferença entre progresso e evolução. Em uma nova ordem social o Capitalismo insistia na busca incessante pelo progresso, consequentemente os trabalhadores viviam em mazelas com autoestima vulnerável por conta da atividade fabril cansativa e contínua. De certa forma o progresso industrial ocasionou uma desumanização, uma mecanização trabalhista no modo de viver dessas pessoas.

Eis que então surge o Romantismo tanto na Arte como na Filosofia. Surgiu para “humanizar”, trazer a tona emoções no modo de viver de muitos. Esse movimento defende a ideia de que a mecanização retira do operário a capacidade de sentir paixões e valores. Deram sua contribuição filósofos como Hegel

Ver o post original 61 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s