O lobo em pele de cordeiro

Blog da Dani

Foto: Reprodução Internet Foto: Reprodução Internet

“Agora querem me incriminar. Estou sendo julgado pelo que eu represento. Se eu não fosse ninguém, isso não tava no Fantástico, não tava em lugar nenhum”. O discurso é do ex-senador Nezinho Alencar, em reportagem especial exibida no programa de ontem (11). Ele responde em liberdade à acusação de estupro de duas crianças, de 6 e de 9 anos.

Imagens registradas em vídeo mostram o momento em que o fazendeiro molesta as duas meninas. Enquanto age, ele sorri. É repugnante de assistir! Dá nojo, asco, revolta, raiva e, acima de tudo, a sensação de impunidade. Pior do que as imagens só a justificativa para tal comportamento: “Eu fui vítima de uma armadilha”. De acordo com ele, “as crianças estavam passando a mão nele, pulando, agarrando-o”. E mais: ele garantiu que estava desacordado quando o vídeo foi gravado. E mais ainda: afirma que as imagens são fruto de uma…

Ver o post original 659 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s