Cientista político denuncia censura de entrevista na rádio da UFRGS

rsurgente

“Ocorreu uma grave agressão à autonomia universitária e à missão primordial da universidade, que é o de geração e difusão do pensamento crítico e inovador”, disse Benedito Tadeu César. “Ocorreu uma grave agressão à autonomia universitária e à missão primordial da universidade, que é o de geração e difusão do pensamento crítico e inovador”, disse Benedito Tadeu César.

Marco Weissheimer

O cientista político Benedito Tadeu César denunciou nesta quinta-feira (8) que uma entrevista que concedeu ao programa Entrevista Coletiva, da rádio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), foi censurada pelo diretor da emissora, André Prytoluk, que teria alegado a existência de uma lei que impediria falar a palavra “golpe” em programas de veículos ligados à universidade, bem como fazer críticas ao governo federal. Mais tarde, Prytoluk teria citado a “legislação eleitoral” e a menção a partidos que participam da eleição municipal como justificativa para a não veiculação da entrevista. No final da manhã, Benedito Tadeu César publicou a seguinte nota em sua página no Facebook:

“Acabo de gravar um programa Entrevista Coletiva, na Rádio da Universidade, coordenado…

Ver o post original 790 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s