Muniz Sodré: Best-Seller: a literatura de mercado (fichamento)

Antimidia

Capa Capa

1 – O texto de grande consumo

Duas literaturas

As livrarias, que se espelham no modelo norte-americano, organizam seus livros da seguinte forma: Literatura (com maíuscula – ou clássicos), chamada também de literatura culta, de um lado (Machado de Assis, Jorge Luis Borges) e literatura de massa (best-sellers) do outro lado (Issac Asimov, Agatha Christie). As distinções não impedem que um best-seller seja uma obra de literatura culta, nem que uma literatura de massa possa ser lida por leitores de Literatura.

Uma das formas de se diferenciar estes dois tipos de literatura é pensar na forma como ela é as formas que ela é analisada.

“Dificilmente se formulará a respeito de um texto de literatura de massa um juízo crítico dessa ordem: “O tema desse escritor não é só a decadência; é, talvez acima de tudo, o temor da dissolução, da perda de identidade, o horror ao vazio ontológico…

Ver o post original 5.135 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s